1/9

MARES DO DESTERRO

[longa-metragem, ficção, pb, 4k, 100’, 2021]
Vencedor do edital SAv/MinC/FSA Longa BO 2016.
Selo Elas

 

 

 


FICHA TÉCNICA

 

apoios

FSA - Fundo Setorial do Audiovisual

Ancine - Agência Nacional do Cinema

BRDE - Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul

 

realização
Vagaluzes Filmes

 

coprodução 

Imagem.desejo filmes

 

coprodução

Anágua Filmes

 

distribuição

Elo Company

 

produção associada
Arrebol Produções
Luciano Bortoluzzi

Camarins Filme Arte Cultura

 

roteiro original

Amilcar M. Claro

 

direção, fotografia e câmera DAFB
Sandra Alves

 

elenco

Débora Ingrid (Divina | Serena)

Georgette Fadel (Luzia)

Ianô Hak (MarIanô)

Luciano Bortoluzzi (Joaquim)
Sofia Kawall Bortoluzzi (Divina | Serena crianças)

Rodrigo Kawall Bortoluzzi (Mariano criança)

preparação de elenco
Clarissa Alcântara

direção de arte
Marina Moros

música

Hedra Rockenbach 

montagem 
Sandra Alves

som direto
Guilherme Agarve

direção de produção
Caroline Marins

produtor de set
Silvio Cesar Nazário

 

cenografia

Marina Moros

Sandra Alves

Reno Caramori
 

figurino
Fernanda Jacobo

maquiagem
Ana Carpes


produtor de alimentos
Mazinho


diretorxs assistentes
Vera Longo
Gustavo Jahn
Rosana Cacciatore

produção executiva
Sandra Alves
Vera Longo
Carolina Borges de Andrade

 

desenho de som e mixagem
Cristiano Scherer

edição de som
Cristiano Scherer

edição de efeitos sonoros e foley adicional
Maria Muricy

 

microfonista
Luciano Freaza ( Luck)

 

estúdio de mixagem
Solo Audio

 

letra da cantiga cantarolada 

Ana Carpes

assistente de fotografia e câmera
Diego Canarin

elétrica e maquinária
Neto Primo


loggers

Alan Langdon
Michel Jean Cordonnier

 

correção de cor
Samanta do Amaral | DAFB | Quanta Post

Marcelo Butti (1ª etapa)

produção de finalização + making of
Rosana Cacciatore


TI | tecnologia da informação
Michel Jean Cordonnier

 

supervisão de pós-produção
Alan Langdon

 

assistência técnica de montagem
Alan Langdon

 

produção de base
Barbara Pettres

controller
Sandra Alves

assistente de produção executiva
Valentina de Andrade Paiva

catering
Josemar Da Silva Florenço (Mazinho)
Josiane Dos Santos Florenço

Vera Lúcia Dos Santos

Isadora Santos Florenço

 

projeto técnico

Juliana da Silva Aleixo
Carolina Saldaña

 

cenotécnico

Daniel Grison

 

terapeuta corporal
Aline Ribeiro Soares 

assistentes de produção
Mário Deganelli
Du de Canario 

 

cavalo
Tom

 

cuidador do Tom 

Pedro Osmair Kuller dos Reis

fogão cenográfico
Petr Maslin 

produtor de arte e contrarregra
Mário Deganelli 

 

assistentes de cenotécnica 

Erickson Eugênio Suzin

James Crawford
Lourival Alves (Lalau)

 

ajudantes gerais

Charles Steuck
Andrés Cuenca

 

vigilantes
Eduardo Marafigo Borges

Renato da Silva
 

carregadores
Lucas, Maicon, Zinha e Sapo

 

assessoria jurídica

Cesnik, Quintino & Salinas Advogados

 

assessoria contábil
Contato Contabilidade 

 

assessoria de comunicação
Barbara Pettres

 

hospedagem

Residencial Caminho das Pedras

 

tradução

Fedra Rodríguez

legendas

Sansara Buriti

 

intérprete de libras
Ana Paula Jung


câmera e edição libras

Alan Langdon
 

audiodescrição, transcrição e legenda descritiva

Sansara Buriti


tratamento final de roteiro

Sandra Alves

Rosana Cacciatore

Vera Longo
Gustavo Jahn

Marina Moros

 

contribuições criativas
Clarissa Alcântara

Débora Ingrid
Georgette Fadel
Luciano Bortoluzzi
Ianô Hak
José Rafael Mamigonian


produção geral
Sandra Alves

 

produzido por

Lia Nunes

 

figurantes de procissão

Ana Paula Balthazar dos Santos

Aline Oropallo Borges

Aline Santos Collares 

Antonio Carlos Mendonça

Barbara Beatriz Philippi 

Barbara Marins Pettres

Bianca Albé Casal

Bruna Albé Casal

Caroline Marins

Carolina Saldaña

Daniel Grison

Daniella Oropallo

Débora Ingrid

Fernanda Jacobo

Flora Oropallo Borges

Francisco Da Rosa Felippe

Francisco Manoel Gonçalves

Gabriella Cristina Pieroni

Gustavo Jahn

Ivone Cecília Gonçalves

João Miguel Hak De Oliveira

José Laercio Lopes

Jovita Santos De Bitencourt

Juliana Cristina Bertoloto

Liz Santos Collares

Luana Marins Caramori

Luciano Trevisol

Márcia Regina Padilha Da Rosa

Maria Helena Santos Chechuski

Mário Deganelli 

Max Verzola

Natascha Hak

Olimpio Silva Filho

Osni Vieira

Pedro Indra Hak De Oliveira

Raquel Albé Casal

Rogério Platen - Ver

Rogério Collares 

Silvana Regina de Melo

Samuel Casal

Silvana Valéria Nazário

Silvio Cesar Nazário 

Susana Regina De Melo

Stela Rodrigues 

Valdirene F. De Paula Coelho

Vera Longo

Viviane Ferreira

 

agradecimento especial

Amilcar M. Claro (in memoriam)

Grande mãe mar

 

agradecimentos | direção

Tiê de Almeida Monteiro Claro
Lilih Curi

Allan Deberton 

André Abujamra 

Michel Cordonnier

Roberto Gonçalves de Lima

Kátia Hak

Nado Gonçalves
José Rafael Mamigonian
Vera Zaverucha

Daniel Grison 

Orivaldo Fernandes
Marina Moros
Clarissa Alcântara
Vera Longo
Sara Silveira
Equipe Mares do Desterro

Mikiko Nishida


agradecimentos fotografia

Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC 

Núcleo de Produção Digital - NPD/SC

Gizely Cesconetto de Campos  

Roberto Fujimoto - Asteca

Cine Multi

 

agradecimentos direção de arte

Lourival Alves (Lalau)

Maria Izabel Oripka Alves

Alis Moros
Ceia Henrique
Petr Maslin

 

agradecimentos som

Carlos Sotto

Denilson Campos/Solo Audio

 

agradecimentos produção

Comunidade da Praia da Solidão

Comunidade da Praia do Saquinho

Comunidade do Pântano do Sul

Comunidade da Costa de Dentro

Comunidade da Lagoa do Peri

Ricardo Conceição

Maria de Lourdes Prá da Silva

Isaac Ulmer Dias Júnior - Contato Contabilidade

Ieda Rosa Alves

Helena Bernardi - Consultora Selo Elas

Jorge Alloggio - Ventana Sur
Augustina Dantiacq - Ventana Sur

Fernando Moura - Cine Multi

Luciane Carminatti

Marcos José de Abreu - Marquito 

Alexandre Peres de Pinho

Guel Cáceres

Adonso (Pântano do Sul)
Ana Paula Mendes

Fábio Brüggemann

Juliana Aleixo

Bruno de Oliveira

Maximiliano Andrés Garcia

Cláudia Rosane Souza

Maria de Lurdes Maçaneiro Heiderscheidt

Audir Carlos Heiderscheidt Bóris

Lays Maçaneiro Heiderscheidt

Daker Bicego

Alison Inchausti

Viviand Trentin

Rafael Selhane (Paiol)

Maria Minervina Caetano dos Santos

João Bento dos Santos

Bento João dos Santos

Halisson Luiz dos Santos da Piedade

Patrícia Bolsoni

Vanessa de Barros dos Santos
Marisa Dionisio
Clara Bolsoni e Souza
Larissa de Barros Anderson
Maria Eduarda Alves
Rogério Antônio Alves (Sebo)
Valter Baleeiro

Luiz André de Souza Vasques
Stela Rodrigues
Quirino Simião Borges

Marli Marafigo

Ricardo Marafigo Borges

Luciano Trevisol
Gerson Valente

Jocélia Goedert

Maria das Graças Canarin

Patricia Torales

Alejandro Torales (in memoriam)

Lina Marins Caramori

Luana Marins Caramori

Cecilia Kawall

Carolina Saldaña

Fábio Fernandes | Cinema Produções

Andrés Cuenca
Cláudia Deturris

Capitã Zenaide 

Recicleiton

Bóris Palitsch

Tâmila Carvalho
Osmar da Rosa
Jaime Manenti
André (Gatos de Rua)

Lemané a Ilha como ela é

Ivania Maria de Souza

Pescadores da Armação 

Valdir Agostinho

Natascha Hak

Alan Langdon
Sansara Buriti
Caetano Langdon

Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina

Major Isabel Gamba Pioner

Tenente Ian Triska
Tenente José César da Silva Neto

Soldado Guilherme Spanghero Ferreira

1° Sargento Ricardo Nildo da Silva

1° Sargento Lourivaldo Graciano Correia

2° Sargento Carlos Alberto Andrade

Soldado Leonardo Steiner dos Santos

Major Roberto Weingartner

Prefeitura de Florianópolis

Equipe Cosip

Waldyvio da Costa Paixão Júnior

Daniel Botelho

Andréia Graciano

Gerson Botelho

Gabriel Monteiro

Ricardo Osvaldi Arcênio

Thiago Pedroso Rosa

Francisco Antônio da Silva Filho - Floram

Grupo Escoteiros do Mar Ilhas Guará

Marco Aurélio Testoni

Comcap - Autarquia de Melhoramentos da Capital

Museu do Lixo

Márcio Luiz Alves

Valdinei Marques (Neiciclagem)

Almir (pescador)

Cauã Perez Vieira

Carlos Miguel Cadona da Silva

Mazinho e família

Músicos da Tenda da Lua

Ricardo da Conceição

Carla Tayane Pinto Barros

Joziane Alves

Marina Bolsoni e Souza

Melissa Dullius

Vanessa de Barros dos Santos

100% Amazônia

Thiago Koch / Time Log Agenciamentos

Fernandinho colorista
Nilma Gomes | Quanta

Potira Duarte Bortoluzzi 

João Nilson Bortoluzzi (in memoriam)

 


SINOPSE: Após evento traumático que ocasionou a fuga de sua irmã gêmea, Divina cuida da família que vive há dez anos isolada numa praia deserta: o jovem irmão, enclausurado pelo pai, a mãe que sofre pelo desaparecimento da filha e com o crescente distanciamento do marido que, embriagado e violento, vaga à procura da filha predileta. Divina, altiva, determinada e inconformada com a opressão instaurada, paulatinamente expõe as dinâmicas das relações ali estabelecidas. Procura brechas, resiste, insiste na lucidez e cria campo propício para a revelação de importante segredo.

Mares do Desterro traz à superfície o sem-fundo do mar

 

Sandra Alves faz cinema da vida e se revoluciona a cada filme. Cinema autoral. Cinema de invenção de existência. Cinema de desejo produzindo imagem-afeto. Em Mares do Desterro, para quem o viveu, ao passar por aquela praia da Solidão, um set de filmagem feito um mundo paralelo, sabe que não voltou à vida “real” com o mesmo corpo, tendo o espírito afetado por todas as suas entradas e saídas. Sandra faz cinema como quem sabe inventar as condições artificiais exatas para tornar possível a percepção do movimento puro da vida, o que não é possível encontrar nas condições naturais da vida que condenam nossa percepção natural a suas concepções contaminadas. 

 

Há anos acompanho esse fazer da imagem que os olhos venusianos de Sandra Alves vêm projetando nas telas-redes do mundo. São diferentes suportes e dispositivos que servem a sua fome amorosa de compartilhar o que sente; e o que sente pelas dobras e desbordas de sua pele sensível, não é pouco. Não há busca por fundamentos, não há implicações com verdades últimas, trata-se de um sem-fundo de aberrâncias que a natureza de suas percepções trazem à superfície da tela. A tela é sua pele exposta de onde sai seu grito para além do mal-entendido humano, para novos povoamentos.

 

Mares do Desterro é um brado de liberdade ao desejo que se compõe a outra espécie de amor, ultrapassando à superfície manipuladora de registro e controle dos afetos humanos maltratados e adoecidos. Mares do Desterro é um filme que extrai a liberdade do mais ardil aprisionamento, desterrando o mais cruel e íntimo vínculo afetivo estabelecido entre figuras parentais. 

 

Na praia deserta de uma ilha de longínquos desterros, Sandra instaura uma nova maneira de existir. Um roteiro cinematográfico, escolhido à precisão generosa de um encontro, cria a órbita necessária para compor o conjunto de elementos que magicamente ela põe em relação: artistas, natureza, tecnologias, cada profissional envolvido e uma imensidão de mar aberto à beatitude aberrante desse encontro desafiador, fascinante, ecológico e político, com a vida real exposta à beira da praia.


Clarissa Alcantara

Artista filósofa e performer

REDES SOCIAIS

Facebook
Instagram

PARTICIPAÇÕES, EXIBIÇÕES E PRÊMIOS

Ventana Sur 2019 industry in progress films in progress