1/4

CORPO EM DENÚNCIA

 

[videoarte, 3'30", 2020]

SINOPSE: Assim que começa a ficar sem água, o corpo retira das próprias células o líquido necessário para seguir funcionando. O primeiro órgão afetado é o cérebro: os eletrólitos entram em pane, logo começam as alucinações, dores insuportáveis, delírios. Os rins param de funcionar, seguidos pelo colapso total do organismo. Você já sentiu sede?  Na série de intervenções de performance/protesto, o coletivo Corpo em Denúncia alerta sobre desigual e historicamente antropocêntrica relação do ser humano com o meio ambiente.


FICHA TÉCNICA

 

direção, câmera e edição
Sandra Alves

intervenção
Vidas secas

 

grupo
Corpo Denúncia


Imagem
Sandra Alves | DAFB

Todd Southgate

música
Hedra Rockenbach
 

texto
Mariane Gonçalves Lintemani

FILME COMPLETO

MATÉRIA

Revista Gulliver